Início / Artigos / Deus me abandonou…

Deus me abandonou…

O frade carmelita e poeta espanhol João da Cruz escreveu uma poesia chamada A noite escura da alma. Nela, fala da sofrida experiência que os cristãos têm de suportar em sua busca pelo crescimento espiritual e a intimidade com Deus. As trevas nos cercam e nos invadem. De tão angustiados, chegamos a pensar: “Deus me abandonou…”.

Sei o que é isso. Conheço bem esse sentimento. Na jornada com Cristo, passamos por muitos vales. Sofremos muitas injustiças, reveses, problemas de toda sorte. As palavras que Jesus bradou da cruz ressoam no fundo do nosso ser, sem nem termos de pronunciá-las: “Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?” É uma sensação horrível. Rasga a alma.

Um dos fatores que agravam esse sentimento é a noção de que, no fundo, sabemos que não merecemos nada mesmo. Nem temos do que reclamar. Somos pecadores, afinal. Quem não merece um bom castigo? E no que vamos nos apegar para pedir socorro? Certamente apelaremos para a misericórdia de Deus. Mas passamos por momentos nos quais achamos que nem compaixão há para nós. É a sensação de termos gasto as últimas gotas da paciência do Senhor.

Quando chegamos a pensar assim, é sinal de que a alma de fato está passando por essa crise espiritual chamada “a noite escura”. É um vazio que parece não ter fim. Sentimo-nos tão para baixo que não conseguimos ver luz alguma no fim do túnel. Não imaginamos como seria possível sair desse momento. A alma adoece. Somos como o pavio apagado de um candeeiro ou de uma lamparina que não tem mais azeite ou querosene para queimar. Começamos a “tirar do fígado” forças para continuar. Só que isso nos esgota. E, quando isso acontece, tudo desmorona. Caímos de vez num estado de ânimo estranho e surreal. Esquecemo-nos de que as “misericórdias [do Senhor] são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade!” (Lm 3.22-23). Sim, nos esquecemos do amor constante e infinito de Deus – Pai, Filho e Espirito Santo.

Só que, mesmo que você tenha se esquecido, Ele não se esquece de você jamais. Se eu puder lhe deixar com uma certeza, é essa. Deus nos trata com um cuidado e uma gentileza inimagináveis. Como um pai ou uma mãe que se condói pelo filho que chora na cadeia ou por uma filha que anuncia uma gravidez indesejada, assim Deus não nos rejeita, não nos condena. Ele sabe que já estamos sofrendo tanto! Jesus foi um homem de dores e sabe o que é sofrer (Is 53.3). Por isso mesmo, temos um sumo sacerdote que intercede junto ao Pai em nosso favor. Veja o que disse o profeta Isaías:

Eis o meu servo, a quem sustento, o meu escolhido, em quem tenho prazer. Porei nele o meu Espírito, e ele trará justiça às nações. Não gritará nem clamará, nem erguerá a voz nas ruas. Não quebrará o caniço rachado, e não apagará o pavio fumegante. Com fidelidade fará justiça; não mostrará fraqueza nem se deixará ferir, até que estabeleça a justiça na terra.” (Is 42.3)

Já fui como um caniço rachado e um pavio fumegante. Não tomei cuidado de me manter perante o trono da graça como deveria. Larguei-me e não mantive o óleo no meu candeeiro. Bateu o vazio e sei que sou culpado por isso. Claro que isso não aconteceu de graça. Houve pessoas que me magoaram, problemas que não consegui resolver, dores, medos e uma série de fatos tão confusos que, sinceramente nem sei como me achei na situação tão triste e caótica que me sobreveio. Mas, então… Deus me contemplou. Contrariando todas as minhas tristes expectativas, Ele me levantou. Surpreendeu-me com o seu amor e a sua misericórdia.

Talvez você nem tenha forças para orar. Já passei por isso. Que a sua leitura deste post seja, então, a sua oração. Sei que Deus conhece as suas lágrimas e ouve os seus gemidos silenciosos. Ele não vai esmagá-lo nem rejeitá-lo. Ele se lembra de você. Creia nisso.

Na paz,

+W

Leia também

leia+blog

Lendo de forma correta | Por Gabriel Carvalho

Dando sequência à nossa série de textos sobre a prática da leitura, precisamos caminhar um …

  • Obrigado Bispo por deixar o Espírito Santo lhe usar com estas palavras, tenho passado por isso e as vezes pergunto: Por que ? Mas creio que há propósitos de Deus em nosso sofrimento, tenho crescido e aprendido a depender de Deus em qualquer situação. O importante, independente do que se esteja passando, é que no final veremos que nosso Redentor vive e que por fim se levantará sobre a terra.

  • Bispo, difícil foi ler esse texto até o final em meio às lágrimas. É exatamente assim me sinto, como o senhor mesmo escreveu, às vezes acho que nem compaixão há para mim.
    Mas luto para crer contra a esperança, e faço deste texto a minha oração, para que assim como o Senhor te levantou, que a Sua misericórdia e amor me surpreenda e me levante também.
    Que Deus continue te usando para nos abençoar.

  • Paz Bispo Walter! Por vezes me pego neste sentimento pois os meus pecados,maldades e orgulho me mostram que sou um miserável homem. Mas Glória ao nosso salvador,que me ama e me quer bem,Aleluia!! Glória por suas misericórdias que são inesgotáveis!

  • amém!!!!!

  • Obrigado Bispo, suas palavras trouxeram paz ao meu coração.

  • Obrigada. É só o que tenho a dizer.

  • Que Deus lhe abençoe mais e mais em seu ministério, Bispo McAlister.

    “As palavras dos sábios são como aguilhões, a coleção dos seus ditos como pregos bem fixados, provenientes do único Pastor.”
    (Eclesiastes 12:11)

  • Obrigado por essas palavras, Bispo

  • já passei por isso…. hoje para Honra e Gloria de Jesus estou curada, estou de pé….fiquei e estou muito emocionada.
    Deus abençoe

  • Bispo, venho me sentindo assim, mas hoje em especial quase me desesperei, perguntei a Deus em prantos porque estava me sentindo assim, como se Ele tivesse me deixado e agora nesse momento resolvi entrar no seu blog e me deparei com esse post e agradeço a Deus por me mostrar que está comigo e sei que vou vencer, conto com suas orações. Agradeço à Deus por sua vida e por permitir ser esse instrumento nas mãos dEle.

  • Paz do Senhor meu irmão. Estou passando exatamente por isto neste momento, mas Deus é tão bom que colocou pessoas sensíveis ao Espírito Santo, tal qual o irmão, em nosso caminho para nos ajudar a continuar. Deus continue te abençoando, muito obrigado, de coração.

  • Essas palavras são as minhas palavras, muito obrigada por partilhar isto.

    Deus o abençoe!

  • Prezado bispo Walter, são palvras como essas retiradas das Escrituras que me faz caminhar e me apegar mais a DEUS; mas graças a Deus que ELE usa os Seus, mesmo que seja através de um site. Que a graça de Deus vos ajude a se manter firme e constante no temor da SUA Palavra!

  • Há anos morro em silêncio. Hoje chorei alto, urrei de dor. Por que Ele não me leva?

  • Palavras de ajuda não acredito que sejam aqueles conceitos psicológicos que soam com tanta veemência e profundidade quanto palavras vindas do Espírito de Deus.

    Deus continue lhe usando amado bispo!

  • Rev. Bispo McAlister:

    Por vezes coloco-me de joelhos diante do Senhor, mas não consigo dizer uma única palavra.

    Sinto-me envergonhado diante dEle por conta de meus pecados.

    Ele foi tão gracioso comigo ao garantir minha salvação e derramar de seu Santo Espírito sobre mim que penso não ser egoísmo de minha parte pedir qualquer outra coisa.

    Faltam-me forças para continuar, mas creio que Ele me tem sustentado.

    Sou jovem, confio no Senhor Jesus e minha noite escura já têm durado três anos.

    Suas palavras alcançaram profundamente meu coração e me trouxeram paz e grande conforto à minha alma.

    Obrigado!

  • Obrigado bispo por esse blog que tem nos abençoado e muito. Maravilhoso! Sempre com assuntos que fazem nos refletir e encontrarmos forças, para continuarmos nossa caminhada à caminho da nossa Canaã. Todos nós passamos ou haveremos de passar pelos “vales da sombra da morte”, mas o que nos conforta é sabermos que Ele está sempre por perto. Esse Deus é demais!

  • Palavras que me confortaram, vez por outra é tão bom ser lembrado de que o todo poderoso nos ama. Obrigado bispo, que o nosso Deus todo poderoso o abençoe.

  • Obrigada bispo. Lindas e poderosas palavras. É tão difícil quando nos sentimos assim, achando que Deus nos esqueceu, nos abandonou. Então, Ele usa um dos seus servos para nos mostrar mais uma vez o caminho da paz e misericórdia que há na palavra de Deus. Obrigada mais uma vez, bispo. E que o Senhor te abençoe!